Banho de Cachoeira

Cachoeira_Santa_Maria_AGO_2008 - artigo

Já tomei muito banho de cachoeira e lhe digo, é bom pra caramba!!!

Se você ainda não tomou banho de cachoeira, não sabe o que está perdendo…Sempre que viajo e fico sabendo que há uma cachoeira por perto, faço o possível para conhecer.

Agora, se você já tomou banho, sabe do que estou falando!

Então, te faço a seguinte pergunta:

Você já tentou estancar a água da cachoeira para ela parar de cair?

Eu já tentei, mas em vão. A água de alguma forma ou outra sempre conseguiu furar o meu bloqueio e a queda foi contínua, mesmo com um fluxo menor.

Isto se deve ao leito do rio, ou córrego, em fornecer água de forma contínua e ininterrupta, além da sua própria viscosidade.

Bem, o que tem há ver banho de cachoeira com práticas logísticas???? TUDO…

Ao exercer suas atividades profissionais, você está sujeito a problemas, dificuldades, necessidades humanas, enfim, demandas diversas que você tem que se preocupar e tratá-las no dia-a-dia.

Assim como a água no leito do rio, os problemas surgem, queira você ou não. E o mais complicado disso tudo é que assim como não consigo estancar a água da cachoeira, é inútil tentar estancar os problemas.

O pneu do veículo corre o risco furar!
O produto tem o risco de avariar!
A entrega tem o risco de atrasar!
A entrega do pedido de venda está sujeito a falta de mercadorias!
Podem existir devoluções a fornecedor e de clientes…

Então quer dizer que os problemas sempre existirão? SIM.

Então quer dizer que tenho que me render e aceitar esta sina? NÃO.

Cabe a você identificar as principais causas dos problemas e criar ações para que sejam solucionadas ou sejam controladas as ocorrências.

O manuseio indevido de um produto poderá gerar avarias. A capacitação da mão-de-obra e o acompanhamento constante dos indicadores podem reduzir e até inibir novas avarias. Porém, caso novas pessoas sejam contratadas e a capacitação não seja feita, em algum momento no futuro as avarias voltarão a ocorrer. Olha ai o problema novamente…

Existem técnicas, métodos e filosofias de trabalho muito bem utilizadas no mercado que auxiliam as pessoas nestes casos, tais como o uso do Brainstorming, Diagrama de Ishikawa, 5W2H, Controle Estatístico de Processo – CEP, Metodologia de Análise e Solução de Problemas – MASP, 5S e dentre outras.

O que quero dizer com tudo isso é que existem meios e métodos para que a dor de atacar os problemas seja menor e controlável. O resultado disso é a redução de correrias, urgências, stress, desmotivação, além de melhorar a qualidade de vida.

Pense nisso!

Assim como a cachoeira nos proporciona momentos de prazer e satisfação com a queda d’água, os problemas que deparamos no dia-a-dia, são oportunidades que surgem em nossas vidas para o crescimento pessoal e profissional. :)

Por Anderson Alves
Prática Logística
contato@praticalogistica.com.br
 

Baixe agora o Guia Gratuito: 28 práticas essenciais da operação logística

paperbacklandscape_800x525

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *